RECURSOS E APLICATIVOS NOS CELULARES

SIM, PESSOAS SURDAS, CEGAS E SURDOCEGAS USAM CELULARES!

 

Nos dias de hoje, o celular tornou-se o meio de comunicação mais eficiente, fácil e também umas das tecnologias mais revolucionárias no mundo. No início, sua função era realizar apenas ligações e hoje contribui em diversas tarefas, até para interagir com os amigos nas redes sociais.

 

Houve (e ainda há) grande evolução em recursos, designs e multimídias, mas com a chegada dos modernos smartphones sem os botões físicos, isto é, com as telas touchscreen (tela sensível ao toque), cada fabricante diferenciou seu celular em algum quesito e, com isto, aumentou as dificuldades no manejo dos aparelhos, principalmente para pessoas com deficiências, idosos ou até mesmo para aqueles que gostam de simplificar a utilização do dispositivo.

 

Felizmente, hoje em dia, existem várias opções e interface que dão acesso às funções para que as pessoas com deficiências usem celulares de forma adaptável. Apesar destes recursos tecnológicos de acessibilidade, alguns usuários acham estas características “inúteis”, mas estas maravilhas fazem toda diferença para PCDs. 

 

A maioria dos celulares atuais tem estas ferramentas, isto é, já vem pré-instalado diretamente da fábrica. É possível com isto habilitar recursos como aumentar fontes e volume do som, usar o auto texto, alerta visual, etc. Além disso existem vários aplicativos que ajudam e facilitam o uso do dispositivo, mas para isto, o usuário deve ficar atento quanto às configurações dos celulares.

 

Aqui vamos listar quais são os recursos e aplicativos mais usados pelos PCDs auditivos, visuais e para surdocegos, além de algumas novidades relevantes. Portanto, essa seção está sujeita à atualizações, por isto, confira sempre: o mundo tecnológico não para e estamos sempre aprendendo coisas novas! 

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE

Para as pessoas com deficiências visuais e/ou auditivas com perda parcial ou total,

ou ainda surdocegas, o ideal seria contar com ajuda de pessoas videntes

que conhecem bem os recursos e aplicativos, como amigos, instituições

ou mesmo familiares para baixar, configurar ou ajustar.

PARA DEFICIENTES AUDITIVOS

 

Para pessoas com deficiência auditiva, os celulares devem possuir os seguintes requisitos importantes:

  • Compatibilidade com aparelhos auditivos;

  • Alternativas visuais ao som, como legendas e transcrições;

  • Ter alertas visuais para diversas funções, como ligar e desligar, bateria fraca, recebimento de chamada etc.;

  • Ajuste do volume automático de acordo com o nível de ruído externo.

 

 

ANDROID

 

Hoje em dia os celulares fazem parte da vida das pessoas, inclusive de quem tem algum problema auditivo, além disso a maioria dos Androids tem recursos de acessibilidade que podem facilitar a vida dos usuários.

 

Em quase todas marcas de aparelhos auditivos digitais há o suporte tecnológico principalmente relacionado ao Bluetooth (veja mais detalhes abaixo). A intenção destes dispositivos é trazer ainda mais acessibilidade aos usuários com deficiência auditiva para conectar, parear e até monitorar seus aparelhos auditivos no Android, o que também permite receber todos os sons do seu telefone de forma clara e alta no aparelho de audição.

 

 

Recursos do ANDROID

 

Notificação de Flash

No Android a opção Notificação de flash pode ajudar a pessoa com deficiência auditiva a receber alertas de luz piscante para ligações, mensagens e notificações em geral. Dependendo do dispositivo, esse recurso de flash do LED, pode ser configurado da seguinte forma:

Vá em Acessibilidade, selecione Audição e em seguida aparecerá a Notificação de flash na qual o usuário pode escolher a opção que desejar como tela ou câmera. Caso o aparelho não tenha esse recurso, algumas alternativas podem ser adotadas para que o celular realize a mesma função.

 

Áudio mono

Este recurso é ideal para as pessoas que têm deficiência auditiva unilateral, ou seja, escutam apenas com um ouvido. Mono ou monofônico é como um sistema no qual todos os sinais de áudio são misturados e enviados através em um único canal de áudio, portanto com este sistema, o som é “inteiro” para ambos os ouvidos.

Para acessar este recurso, a maioria dos Androids segue este procedimento: vá em Configuração, procure Acessibilidade, selecione Audição e por fim marque a caixa que diz Áudio Mono.

 

 

iOS

Em termos de acessibilidade, os modelos da maçã superam os do Android. Devido a sua interface, os modelos Apple são mais avançados e proporcionam várias funções e aplicativos incríveis que ajudam a maioria das pessoas com deficiências.

Neste dispositivo, é possível integrar os aparelhos auditivos ao Bluetooth e, portanto, há possibilidade de adaptação do toque na tela touch e também é possível colocar o texto em negrito. Para encontrar esses recursos, é só ir em Ajustes, depois em Geral e clicar em Acessibilidade.

 

 

Recursos do iOS

 

Flash do LED

Em alguns modelos do Iphone, é possível ativar o flash do LED para que este pisque bem forte sempre que receber chamadas, mensagens de texto, e-mails ou lembretes de eventos do seu calendário.

Siga este procedimento para ativar o Flash: toque em Configurações/Ajustes e depois em Geral. Toque em Siri e mova o controle deslizante Siri.  Quando o usuário usa recursos de ativação de voz, ele usa o Controle de Voz e lá é possível escolher o idioma que você quer usar.

 

Áudio mono

Assim como nos celulares Android, o iOS também pode reproduzir os dois canais de um áudio estéreo juntos.

Apesar do áudio mono não parecer tão bom como o estéreo, pode ser um bom recurso de acessibilidade para pessoas que tem perda auditiva de um só ouvido.

Com o áudio mono habilitado no iPhone/iPad, o usuário também pode ajustar o volume de gravação de áudio, livros, música, separados para cada ouvido, então nunca perderá cada palavra, som ou nota.

Para isto, inicie o Aplicativo de Configurações da tela inicial. Clique em Geral e a seguir em Acessibilidade. Habilite a opção de Áudio Mono. O usuário pode encontrar a opção de áudio mono também na seção de Audição.

BLUETOOTH

Bluetooth é uma tecnologia de comunicação sem fio para transmitir dados e arquivos (ondas de rádio) de maneira rápida e segura em pequenas distâncias a partir de dispositivos fixos e móveis como computadores, aparelhos de telefone celular, notebooks, câmeras digitais, impressoras, teclados, mouses, fones de ouvido, até aparelhos auditivos e entre outros equipamentos. 

Como foi dito anteriormente, com Bluetooth, é possível conectar o áudio vindo de uma chamada diretamente ao aparelho auditivo digital mais avançado. Como não possuem fios, podem ser conectados a vários tipos de eletrônicos que também utilizam esta tecnologia como celular, computadores, rádio, music players e smart TVs.

Bluetooth é uma ferramenta que possibilita que as pessoas com perda auditiva, ouçam com mais nitidez, o que torna a conversa no celular mais fácil, eficaz e livre de interferências.

Existem marcas de aparelhos auditivos ou de Implante Coclear que possuem recursos para usar o Bluetooth, seja pelos sistemas iOS ou Android. Neste caso o usuário deve consultar a marca de seus dispositivos para conhecer a disponibilidade desses produtos. A maioria dos aparelhos auditivos utiliza este recurso como se fosse um fone de ouvido estéreo, garantindo a comodidade de ouvir bem.

 

 

RELAÇÃO DE ALGUNS APLICATIVOS GRATUITOS E PAGOS MAIS CONHECIDOS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA

 

Usuário de LIBRAS

 

Hand Talk

Disponível para Android e iOS

Gratuito

O Hand Talk é um tradutor simultâneo de texto e áudio em dois idiomas, isto é, LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) e Português. Portanto é útil para os surdos que utilizam LIBRAS e também para aqueles ouvintes que querem se comunicar com surdos, mesmo não tendo o conhecimento. É útil até mesmo para estudantes desta língua, que poderão reforçar o vocabulário com a ajuda do App. Todo o texto digitado ou falado no aplicativo é interpretado por um personagem virtual chamado Hugo, que dá vida ao aplicativo.

O Hand Talk oferece também soluções corporativas sob medida de acessibilidade em LIBRAS em sites para tornar o conteúdo acessível para pessoas com deficiência auditiva.

 

Googleplay: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.handtalk

App store: https://itunes.apple.com/br/app/hand-talk-tradutor-portugues/id659816995?mt=8

 

 

Para surdo oralizado

 

Dragon Dictation 

Disponível para iOS

Gratuito

Em Android o aplicativo está disponível apenas em inglês e alemão. Teste grátis por 1 semana e após essa fase passa ser pago.

Assim como a maioria dos aplicativos citados aqui, o Dragon Dictation não foi feito especialmente para pessoas com deficiência auditiva, mas com intenção de facilitar o usuário como transcritor. Considerado como uns dos melhores aplicativos de ditado, o app realiza gravação de áudio que se queira transformar em texto e também faz pausas enquanto dita. Após finalizado, o usuário ainda pode corrigir e editar a mensagem escrita. Há também o recurso de enviar mensagem direto por SMS, e-mail e também copiar o que possibilita usar o texto em outros aplicativos, como o WhatsApp e Facebook.

 

App Store: https://itunes.apple.com/us/app/dragon-anywhere/id1024652126?mt=8

Google Play: https://play.google.com/store/apps/detailsid=com.nuance.dragonanywhere&hl=pt_BR

 

 

Live Transcriber

Disponível para Android

Gratuito

Trata-se de uma novidade do Google (em fase de desenvolvimento) que tem como função de Transcrição Instantânea, isto é, transformar em legendas as falas captadas pelo telefone em tempo real para a tela do aparelho. Este aplicativo também pode ajudar muito uma pessoa com baixa visão, pois possui uma interface com fundo preto e letras grandes.

 

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.audio.hearing.visualization.accessibility.scribe

 

 

Sound Amplifier

Disponível para Android

Gratuito

Trata-se de um “equalizador”: filtra ruídos e torna a escuta mais clara pelo usuário. O app amplifica os sons do ambiente, de modo que os sons baixos fiquem mais altos para facilitar a escuta. Na verdade, funciona quase como um aparelho auditivo, aumentando o volume de conversas que acontecem ao redor. Para usar este amplificador de som é preciso conectar os fones de ouvido com fio.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.android.accessibility.soundamplifier&hl=en_US

 

WHATSAPP – Recurso de transcrição de áudio em texto

WhatsApp tornou-se umas das redes sociais mais usadas no mundo e também é muito popular entre pessoas com deficiências.

Para quem não gosta de digitar, os áudios ajudam e além de serem úteis, podem poupar um bom tempo que seria gasto para digitar. Mas há casos de destinatários que não podem ouvir áudios, como por exemplo, no trabalho. E também no caso de surdos, receber áudios do WhatsApp é um transtorno. O que muita gente não sabe é que existe uma ferramenta dentro do próprio app que pode transformar áudios em textos, cuja função se chama “ditado”. O processo é simples e se cada ouvinte puder usar esta função para conversar com um surdo, sem precisar digitar, facilitará muito para ambos!

 

Siga estes passos:

Android

Em Android, varia de modelo a modelo, então pode variar de posição ou do design do botão.

Com o WhatsApp aberto, no teclado há um ícone em formato de um microfone pequeno (como mostra a ilustração abaixo). Lembre-se o ícone pode estar junto aos emoticons, gifts, etc.

Depois de clicar neste pequeno microfone, aparece uma tela com botão no meio. Para ver como funciona, basta um clique e comece a ditar uma mensagem e o texto vai aparecendo em tempo real na tela. Depois de ditar, é possível corrigir possíveis erros de interpretação e pontuações.

No fim, toque no ícone novamente para encerrar e enviar o texto.

 

iOS

No iOS, é um botão parecido com um microfone que fica ao lado do botão de espaço no teclado.

Clique no botão e comece a falar. Automaticamente a voz é transformada em texto, que aparece na tela.

Segundo usuários, a função de ditado do iOS funciona melhor que o Android, sendo que até na pontuação eles são precisos.

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

 

Para pessoas com deficiência visual, os celulares devem possuir os seguintes requisitos importantes:

  • Resposta tátil e sonora das teclas;

  • Identificação sonora da tecla de cada número (celular fala o número pressionado);

  • Reconhecimento de fala para realização de chamadas;

  • Menu acessível por comando de voz;

  • Controle de brilho e de contraste da tela;

  • Zoom no navegador;

  • Leitura de SMS integrada.     

 

 

ANDROID

 

Hoje em dia, pessoas cegas ou com baixa visão, conseguem usar normalmente os modernos smartphones: elas são capazes de navegar pela tela de toque para realizar diversas tarefas, inclusive acessar internet. Para as pessoas com deficiência visual o recurso do celular considerado mais importante são as alternativas auditivas, portanto a maioria faz uso de fones de ouvidos.

O Android é o sistema operacional de celulares mais usado no Brasil e no mundo e por esta razão, houve grande empenho em desenvolver melhor sistema de acessibilidade. Leia mais detalhes a seguir.

 

Recursos do ANDROID

TalkBack

O TalkBack é o recurso de acessibilidade mais conhecido e dependendo do aparelho ele já vem instalado, precisando apenas configurá-lo. Uma observação: ele só funciona a partir da versão 3.2 instalado.

Este recurso apresenta respostas por voz aos usuários com deficiência visual. Além de ajudar na navegação do celular, o aplicativo ainda descreve as ações e alertas de notificações recebidas e permite o uso de gestos simples para ativar funções mais complexas.

Ele também inclui a possibilidade de abrir qualquer aplicativo, enviar mensagens, anotar um compromisso e até tocar músicas.

Para habilitar, vá em Configurações, selecione Acessibilidade, em seguida, Serviços e chegue ao TalkBack.

Para usá-lo basta tocar na tela, o aplicativo fala o que acabou de ser tocado e o usuário então dá um toque duplo para confirmar o comando.

 

Caso não tenha este aplicativo, pode baixar pelo Google Play gratuitamente.

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.android.marvin.talkback&hl=pt_BR

 

BrailleBack

O BrailleBack é um serviço de acessibilidade em conjunto ao aplicativo TalkBack, que ajuda usuários cegos a usar dispositivo braile atualizável compatível ao Android via Bluetooth. O aplicativo oferece uma experiência combinada de braile e fala. O seu funcionamento é simples: o conteúdo da tela é mostrado na linha braile e o usuário poderá navegar e interagir com o dispositivo usando touchscreen e um fone de ouvido. É possível inserir texto usando o teclado braile.

 

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.googlecode.eyesfree.brailleback&hl=pt

 

 

iOS

No sistema operacional iOS, ou seja, da marca Apple como os aparelhos iPhone e iPads, são basicamente parecidos com Android, apesar da plataforma da maçã ser considerada melhor em termo de acessibilidade. Sua interface é mais completa e de fácil uso. Quanto aos aplicativos são todos acessíveis, que o torna grande diferencial do Android. O único ponto negativo dos celulares Apple: alto custo.

Confira a seguir mais detalhes.

 

Recursos do iOS

 

VoiceOver

Desde o iPhone 3GS, O VoiceOver já vem instalado diretamente da fábrica. O VoiceOver encontra-se não somente em smartphone, mas em outros produtos da Apple, como nos macOS desde a versão 10.4 e nos primeiros modelos dos iPads e iPods.

Este aplicativo funciona como leitor de tela muito eficiente: ele descreve tudo o que acontece na tela do smartphone e tem funções como ler uma mensagem de texto, uma página na internet, e-mails recebidos, entre outros detalhes. Todos os alertas que chegam são identificados com um aviso sonoro.

Com o VoiceOver é possível também ajustar zoom, fontes e inverter as cores e escalas de cinza, elementos que podem ajudar as pessoas com baixa visão.

Além disso, é possível parear o iPhone e o iPad com mais de 40 monitores Braille.

Para configurar siga estes passos: acesse a função de Configurações, procure Ajuste, depois vá em Geral e por fim Acessibilidade. No primeiro bloco, o software da Apple mostra alternativas como VoiceOver, que lê os itens da tela em voz alta, braile, que lê um dispositivo externo, ajustes de velocidade de fala, sistema fonético, alteração de tom e discurso de notificações.

Para usar basta passar o dedo na tela e o sistema fala o que foi tocado. Dê um toque duplo e a ação é completada. O iOS também tem um serviço de ditado no teclado.

 

 

RELAÇÃO DE ALGUNS APLICATIVOS GRATUITOS E PAGOS MAIS CONHECIDOS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

 

Eye-D

Disponível para Android e iOS

Gratuito e pago

Este aplicativo gratuito ajuda a pessoa com deficiência visual a ter mais autonomia. Tem funções como ler textos e imagens, tirar foto de fatura e ler código de barras, valores, etc. Ajuda também explorar lugares e descobrir o local exato onde está, além de informar sobre os objetos que estão à frente.

A versão paga (Android) tem funções adicionais como um scanner OCR avançado para diferentes idiomas, identificação de cores e ler texto off-line.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=in.gingermind.eyed&hl=pt_BR.

App Store: https://itunes.apple.com/us/app/eye-d/id1354363634#?platform=iphone

 

Be my eyes

Disponível para Android e iOS

Gratuito

Trata-se de um aplicativo gratuito e tem função de que as pessoas "emprestem" seus olhos para deficientes visuais. Como uma rede social de solidariedade, o vidente e o usuário precisam se cadastrar no sistema do app (com login e senha) e com o vídeo chamadas permite que o usuário ligue a câmera e peça a uma pessoa de qualquer lugar do mundo (que fale o mesmo idioma) que descreva o que vê na tela. Pode ser, por exemplo, problemas como ler uma etiqueta, um rótulo, uma conta etc. O aplicativo descreve em som o que voluntário escreveu. A vantagem deste aplicativo é que a descrição é feita por um humano, fato que nem todos os aplicativos de reconhecimento de objetos e imagens são exatos.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.bemyeyes.bemyeyes

App Store: https://itunes.apple.com/us/app/be-my-eyes-helping-blind-see/id905177575?mt=8

 

 

CPqD Alcance+

Disponível somente para Android

Gratuito

A instituição brasileira CPqD criou este aplicativo gratuito e acessível para pessoas cegas com narração automática das telas em síntese de voz, que permite a utilização plena das funcionalidades básicas e avançadas de smartphones.

A plataforma funciona somente com o sistema Android 4.0 ou superior. O sistema é de simples navegação e tem configurações que tentam manter a privacidade do usuário, permitindo que ele escreva sozinho.

Para instalar o CPqD Alcance+ o usuário terá que abrir o link abaixo pelo navegador do próprio celular e seguir as instruções contidas no rodapé da página:

https://vmmobile.cpqd.com.br/cpqdalcancemais

 

 

Ubook

Disponível para Android e iOS

Pago
O Ubook é uma audioteca com um acervo que conta com vários gêneros literários e milhares de títulos.

O aplicativo é uma boa alternativa para quem tem dificuldades para ler e portanto, tornou-se também uma opção de entretenimento para as pessoas cegas. O Ubook tem interface bem organizada, possui função de poder parar e depois continuar ouvindo no ponto em que áudio foi interrompido. Além da boa qualidade de som, conta também com atores, locutores e atores como os narradores das histórias, o que deixa a experiência mais interessante para os usuários.

Com plano pago de assinatura mensal, o usuário pode salvar os livros que mais interessam dentro do catálogo e também ter a possibilidade de compartilhar diretamente trechos de livros nas redes sociais.

Para saber mais acesse o link abaixo:

http://www.ubook.com/comofunciona

 

 

Ariadne GPS

Disponível somente no iOS

Pago

Ao contrário do que o nome sugere, o Ariadne não é propriamente um GPS, mas é um aplicativo de localização e orientação, além de informar dados da região em que o usuário está, como clima, distância, altitude, sinaliza os nomes das ruas e paradas de ônibus, tudo com muita precisão de detalhes, o que faz dele um dispositivo útil para os cegos.

Ariadne GPS funciona com um alerta sonoro e vibratório quando estiver perto do respectivo local.

Disponível em vários idiomas para iPhone, o valor do app varia conforme a cotação do dólar.

 

App Store: https://itunes.apple.com/br/app/ariadne-gps/id441063072?mt=8

 

 

Seeing AI

Disponível somente para iOS

Gratuito

Lançado pela Microsoft para iPhone em 2017, este app é capaz de identificar com precisão incrível objetos, textos, documentos, cores, luz, cenas, pessoas, etc. Por este motivo, o aplicativo pode ser muito útil para deficientes visuais. O ponto negativo do app é que as informações sonoras anunciadas são em inglês, assim como as funções do aplicativo e não há perspectiva para lançamento em outros idiomas.

 

App Store: https://itunes.apple.com/br/app/seeing-ai/id999062298?mt=8

 

 

Aipoly vision

Disponível para Android parcialmente gratuito

iOS gratuito

O usuário usa a câmera do celular como um "leitor" que fala em voz alta o que vê e, portanto ajuda os cegos, deficientes visuais e daltônicos a entender o que os rodeia. O app, apesar de não ser muito preciso em alguns detalhes, é reconhecedor de um vasto banco de dados como objetos, animais e até cores, além de ações e marcas específicas de produtos.

No Android (versão 5.1 ou superior), o aplicativo tem uma interface simples e fácil, mas possui falhas: mesmo que configure como ditado o idioma português, o menu e as legendas são em inglês. Outro ponto negativo: o usuário só poderá utilizar gratuitamente as funções básicas do aplicativo, como o reconhecimento de cores. Para usar outros comandos, deve realizar a assinatura do aplicativo.

No iOS, o Aipoly vision é totalmente gratuito e por enquanto, não é disponível em português.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.aipoly.vision&hl=pt_BR

App Store: https://itunes.apple.com/us/app/aipoly-vision-sight-for-blind-visually-impaired/id1069166437?mt=8

 

 

 

SURDOCEGO

 

Sim, também existem meios de acessibilidade nos celulares para surdocegos.

Como foi listado acima, as sugestões foram para pessoas com deficiência total ou parcial da audição e da visão, mas que de uma forma ou outra, estes recursos ajudam muito o dia a dia desses usuários.

Os requisitos dos celulares deverão seguir as necessidades de cada usuário, mas aqui listamos alguns aplicativos que embora sejam muito novos, valem a pena registrar. A quantidade de material audiodescritivo e legendado ainda é pequena e há muita coisa para ajustar, mas entendemos que o futuro nesta área é promissor.

 

MovieReading 

Disponível para Android e iOS

Gratuito

É um aplicativo de entretenimento versátil, criado para proporcionar acessibilidade completa nas salas de Cinema, Videos On Demand (Netflix, Itunes, outras), Home Video (DVD e Blu-ray) e também na transmissão de TV aberta ou por assinatura. O aplicativo pode ser ideal para pessoas surdocegas porque funciona para qualquer tipo de plataforma de exibição de cinema e conteúdos audiovisuais, além de fornecer legendas, LIBRAS e audiodescrição para filmes. O aplicativo faz a sincronia por meio de uma avançada tecnologia de reconhecimento de áudio. Disponível para smartphones e tablets.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.unimaccess.umaclient

App store: https://itunes.apple.com/it/app/moviereading/id460349347?l=it&ls=1&mt=8

Mais detalhes: https://www.moviereadingbrasil.com.br/

 

WhatsCine 

Disponível para Android e iOS

Gratuito

Tem a mesma finalidade que o MovieReading, o usuário tem que baixar o aplicativo seja em smartphones ou tablets, mas seu uso só funciona em salas de cinema, precisa então de adaptação local e que tenha o equipamento para a sincronização com o aplicativo. Whatscine possui audiodescrição, legenda e tradução em Libras, o que o torna um dos apps mais acessíveis para surdocegos.

 

Google play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.whatscine.softlab

App Store https://itunes.apple.com/br/app/whatscine/id627440551?mt=8

 

 

Fontes

https://olhardigital.com.br/noticia/smartphones-para-deficientes/34730

https://www.showmetech.com.br/como-smartphones-funcionam-para-deficientes-visuais/

http://www.uaucance.com.br/ajude-um-cego-emprestando-seus-olhos/

https://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/2018/05/como-usar-o-be-my-eyes-app-que-auxilia-deficientes-visuais.ghtml

https://www.metrojornal.com.br/social/2018/07/30/aplicativo-permite-que-deficientes-visuais-usem-os-smartphones-com-autonomia-2.html

https://www.cpqd.com.br/cpqd-alcance/

http://dicasapple.com/breve-tutorial-do-ariadne-gps-ao-contrario-do-que-o-nome-podera-a-partida-sugerir-o-ariadne-nao-e-propriamente-um-programa-de-gps-mas-e-sobre-tudo-uma-aplicacao-de-localizacao-e-orientacao-que-mesm/

https://tecnoblog.net/243940/seeing-ai-app-microsoft-descricao-deficiencia-visual/

https://adrenaline.uol.com.br/2017/12/14/53510/app-da-microsoft-seeing-ai-para-cegos-agora-le-caligrafia-reconhece-moedas-e-cores/

https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2017/03/aplicativo-para-deficientes-visuais-transforma-imagens-em-som.html

https://www.mobiletime.com.br/noticias/02/12/2013/site-lista-os-melhores-celulares-e-tablets-para-pessoas-com-necessidades-especiais/

https://www.paraouvir.com.br/como-habilitar-smartphones-para-deficientes-auditivos/

https://www.apple.com/br/accessibility/ 

https://matavunesp.wordpress.com/2016/06/01/aplicativos-de-acessibilidade-para-deficientes-auditivos/

https://www.amtonline.com.br/2014/01/cegos-internet-computador-acessibilidade.html

https://noticias.uol.com.br/tecnologia/noticias/redacao/2017/04/13/chega-de-audio-da-para-transformar-sua-voz-em-texto-no-whatsapp.htm

https://www.melhoresaplicativos.com.br/aplicativos-que-transformam-audios-em-textos/

http://adap.org.br/site/conteudo/213-56-quais-sao-os-aplicativos-que-fornecem-acess.html

https://www.aipoly.com/#

http://www.orientatech.es/en/aipoly-vision-app

Revisão: Telma Nunes de Luna

Compartilhe

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon

Síndrome de Usher Brasil @ 2016 Todos os direitos reservados

Responsável: Ana Lúcia Perfoncio