OUVIDO


 

A audição é um dos cinco sentidos. O ouvido é o responsável pela capacidade de ouvir os sons do ambiente ao nosso redor.

Além disso, está também intimamente ligado ao equilíbrio do corpo. Assim, ele tem duas funções importantes: audição e equilíbrio.

É ela a responsável por desenvolver os processos da percepção, da fala e da comunicação, permitindo assim a interação com as pessoas que estão à nossa volta.

Outra habilidade do ouvido é a capacidade de orientação espacial. Com os dois ouvidos funcionando somos capazes de ter uma ideia de onde os sons estão vindo e, nos localizarmos no espaço, interagindo com os ruídos ao nosso redor.

A audição constitui uma função importante na interação dos seres humanos com o ambiente. O sistema auditivo humano é um instrumento que auxilia tanto na comunicação com o ambiente quanto no equilíbrio corporal.

Usa-se também o termo anatômico como orelha. Aqui usaremos o termo ouvido.

 
O funcionamento do sistema auditivo

O ouvido é composta por três estruturas: Ouvido externo, Ouvido médio e ouvido interno.

  • Ouvido externo: é a parte que recebe as ondas sonoras. O ouvido externo encontram-se o pavilhão auricular (destinado a captar os sons e proteger do vento e da poeira a parte interna) e o conduto auditivo que liga o pavilhão ao tímpano; na parte externa essa conduto é cartilaginoso, enquanto nas proximidades do tímpano ele se torna ósseo;

  • Ouvido médio: onde há a transformação dessas ondas em vibrações mecânicas que será transmitida para a próxima parte. O ouvido médio ou caixa do tímpano (Transforma os sons em vibrações) é essencialmente um condutor de som; trata-se de uma cavidade complexa unida à faringe, através da trompa de Eustáquio. Essa trompa serve para equilibrar a pressão atmosférica do ouvido externo e do médio. A trompa de Eustáquio pode ser percebida quando se muda de altitude e aumenta a pressão no ouvido externo. Abrindo-se a boca, entra ar no ouvido médio e as duas pressões se equilibram. Ainda no ouvido no ouvido médio encontram-se três ossinhos (o martelo, a bigorna e o estribo), por meio dos quais se propagam do ouvido externo ao interno as vibrações provocadas pelas ondas sonoras. Martelo, bigorna e estribo: esta cadeia de três pequenos ossos (ossículos) transferem as vibrações para orelha interna;

  • Ouvido interno: onde as vibrações estimulam os receptores e sofrem transdução para impulsos nervosos que vão alcançar o sistema nervoso central, via nervo acústico. O ouvido interno consta de duas partes perfeitamente distintas: o caracol ou cóclea (Contém liquido e “ células ciliadas” extremamente sensíveis. Esses cílios das células são semelhantes a pelos e movem-se quando estimulados por vibrações sonoras); e os canais semicirculares, cuja função está ligada ao equilíbrio do corpo. Constitui também: Nervo auditivo que envia sinais da cóclea ao cérebro.

Veja como funciona o caminho do som nesta imagem

Fontes

Compartilhe

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon

Síndrome de Usher Brasil @ 2016 Todos os direitos reservados

Responsável: Ana Lúcia Perfoncio