#pracegover #pratodosverem #descricaodaimagem

Cartaz com fundo branco no rodapé está escrito com letra em formas de preto: COMUNICADO.

Abaixo está escrito com letras maiúscula vermelha:

IMPORTANTE!

e em seguida tem a imagem tem o logotipo da ABRASC. 

#fimdadescricao

ALERTA: CORONAVÍRUS X SURDOCEGUEIRA

20/03/2020

Nós, da Associação Brasileira de Surdocegos – ABRASC, atentos aos últimos acontecimentos sobre o novo Coronavírus, alertamos as pessoas com surdocegueira e guia-intérpretes quanto aos cuidados pessoais que devem ser reforçados.

Entendemos que as pessoas com surdocegueira se enquadram no grupo de risco, devido à necessidade de maior contato físico, ocasionados pela ausência total ou parcial da visão e da audição, sendo assim enfatizamos os seguintes pontos:

  1. Utilização frequente das mãos, uma vez que o tato é um dos sentidos mais utilizados para nossa comunicação com as pessoas e as mãos são consideradas veículos diretos de contaminação: não toque nos olhos, nariz ou boca depois de ter contato com qualquer pessoa ou superfície e não tiver feito a higienização correta.

  2. As pessoas com surdocegueira poderão apresentar alguma dificuldade de compreender a correta lavagem das mãos de acordo com a técnica de higienização, pois as instruções divulgadas em redes sociais, cartilhas e outros meios são demonstradas de forma visual, por imagens, desenhos ou em vídeos, muitas vezes sem acessibilidade: é importante lavar as mãos com água corrente e sabão.

  3. Uso da bengala, que pode ser considerada a extensão das mãos, e nem sempre é higienizada corretamente: é importante limpar com álcool 70% sempre que possível ou lavar com água e sabão.

  4. Contato direto e constante com outras pessoas que nos auxiliam nas atividades diárias e enquanto nos guiam, passam e recebem informações pelo tato, contato com corrimão e em outros objetos. Ainda o contato direto que ocorre no uso dos sistemas de comunicação como: libras tátil, comunicação social háptica, escrita na palma da mão, tadoma ou ainda a fala ampliada, pois necessita de proximidade: é preciso tomar cuidado com esse contato, lavagem das mãos, uso do álcool gel e até mesmo, se necessário máscara para evitar contaminação, no momento da comunicação.

  5. Atividades profissionais, na maioria das vezes, utilizam o tato, como: informática ou massagem, nas quais acontece o contato direto com o cliente ou com o teclado do computador: nesse momento é importante cancelar todas as atividades que não são essenciais para a sobrevivência, evitar o contato com as pessoas.

  6. A surdocegueira pode estar associada a doenças crônicas que também são consideradas para determinar quais são os grupos de risco: tome todos os cuidados indicados pelos órgãos de saúde.

Relembrando:

  1. Lavar bem as mãos e punho, de preferência com sabonete líquido, depois usar álcool a 70%. Seja em gel ou líquido, o álcool recomendado é o que tem concentração de 70%.

  2. Ao se comunicar, tanto com pessoas com surdocegueira como com os profissionais guias-intérpretes, se possível, utilizar luvas descartáveis e máscaras, porém sem tocar nos olhos, boca ou nariz.

  3. Higienizar sua bengala com água e sabão, além do álcool.

  4. Ao receber ajuda, procure segurar no ombro do guia, evitando tocar nas mãos ou cotovelo de quem irá te guiar, pois a recomendação é de que ao tossir ou espirrar, as pessoas o façam no meio do braço, portanto, muito próximo ao cotovelo.

Atenção! Ao ser considerado grupo de risco, você também pode ser considerado veículo de contaminação. Saiba se proteger e proteja os outros!

Pense nisso! O autocuidado é a arma mais potente que você tem nas mãos!

Siga nossas redes sociais!

  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Síndrome de Usher Brasil @ 2016 Todos os direitos reservados

sindromedeusherbrasil@gmail.com