O QUE SÃO JOGOS PARALÍMPICOS?

07/09/2016

Os Jogos Paralímpicos são o maior evento esportivo mundial envolvendo pessoas com deficiência.

Definindo Deficiência: ausência da capacidade total da funcionalidade de uma parte do corpo; essa funcionalidade pode ser motora ou física.

 

Incluem atletas com deficiências físicas – de mobilidade, amputações, cegueira ou paralisia cerebral, além de deficientes mentais. Surdos não participam dos Jogos Paralímpicos, para saber mais clica aqui.

As primeiras modalidades esportivas adaptadas exclusivamente para pessoas com deficiência física surgiram após o fim da Segunda Guerra Mundial, mas o primeiro evento esportivo exclusivo para deficientes foi nos Estados Unidos e na Inglaterra. Existiam muitos homens que lutaram na Segunda Guerra Mundial e perderam algum membro ou sofreram algum tipo de trauma grave. As competições tinham como objetivo principal reabilitar os ex-combatentes, além de estimulá-los fisicamente e emocionalmente. 

Esse evento chegou a reunir 400 atletas, de 23 países diferentes, para disputar as competições. Desde então, o esporte adaptado vem ganhando a profissionalização: ele deixou de ser um esporte amador e de reabilitação para atingir o alto nível. 

No entanto, a primeira edição dos Jogos Paralímpicos só ocorreu em 1960, logo após as Olimpíadas de Roma, na Itália.

As Paralimpíadas acontecem no mesmo ano que as Olimpíadas, começando, normalmente, duas semanas após o encerramento dos Jogos Olímpicos.

 

Atualmente, existem diversos esportes que foram adaptados para que pessoas com os mais diferentes graus de deficiência física e sensorial possam participar.

Nos Jogos Paralímpicos, os atletas devem, previamente, serem categorizados pelo Movimento Paraolímpico Internacional sobre o seu tipo de deficiência: amputados, paralisados cerebrais, deficientes visuais, lesionados na medula espinhal, deficientes mentais, entre outras categorias.

 

Todas as modalidades esportivas presentes nos Jogos Paralímpicos devem ser reajustadas de acordo com as limitações dos competidores, como as regras de cada esporte, por exemplo.

Existem 23 modalidades que compõem o programa das Paraolimpíadas do Rio de Janeiro, realizado em 2016:

Os esportes que fazem parte do quadro de disputa paraolímpico são:

  • Atletismo: composto por provas de corridas, saltos, lançamentos e arremessos, cujos atletas participantes possuem deficiências físicas ou visuais;

  • Basquetebol em cadeira de rodas: esporte disputado nas categorias feminino e masculino. É disputado desde a primeira Paraolimpíada;

  • Bocha: É disputado por pessoas com paralisia cerebral severa, dependentes de cadeira de rodas. As competições ocorrem segmentadas entre os sexos, e nas categorias individual e dupla;

  • Canoagem velocidade: Amputados inferiores e amputados superiores; deficientes locomotores;

  • Ciclismo de estrada: Disputado por pessoas de ambos os sexos com paralisia cerebral, deficiência visual, amputados e lesionados medulares;

  • Ciclismo de pista: Disputado por pessoas de ambos os sexos com paralisia cerebral, deficiência visual, amputados e lesionados medulares;

  • Esgrima em cadeiras de rodas: Esporte restrito apenas às pessoas com dificuldade de locomoção;

  • Futebol de 5: Disputado por homens deficientes visuais;

  • Futebol de 7: Restrito a homens paralisados cerebrais;

  • Goalball: Esporte desenvolvido especialmente para pessoas com deficiência visual;

  • Halterofilismo: Mulheres e homens amputados, deficientes com baixa visão, paralisados cerebrais e lesionados de medula espinhal competem nessa modalidade;

  • Hipismo: É praticado por pessoas de ambos os sexos e abarca diversos tipos de deficiência;

  • Judô: Com disputas masculinas e femininas, esse esporte também é restrito aos deficientes visuais;

  • Natação: Os nadadores que podem participar das provas são aqueles com limitações motoras e físicas, com deficiência visual e deficiência mental;

  • Remo: Contempla diferentes tipos de deficiência;

  • Rugby em cadeira de rodas: Nessa modalidade, homens e mulheres podem pertencer a uma mesma equipe. Nesta modalidade participam pessoas tetraplégicas;

  • Tênis de Mesa: As disputas são feitas de modo individual e por equipe. Participam atletas cadeirantes, andantes e portadores de deficiência mental;

  • Tênis em cadeira de rodas: cadeirantes, amputados inferiores e amputados superiores;

  • Tiro com arco: atletas amputados, com paralisia cerebral, em cadeira de rodas e com outras deficiências locomotoras;

  • Tiro esportivo: atletas com limitação funcional nos braços ou nas pernas, capazes de utilizar a arma com ou sem equipamentos auxiliares; 

  • Triatlo: Atletas com comprometimentos que impedem a capacidade de conduzir de forma segura uma bicicleta convencional e de correr, atletas amputados, paralisados cerebrais, deficientes visuais;

  • Vela: As disputas são feitas em dupla mista (sendo somente um deficiente), deficientes visuais, amputados inferiores e amputados superiores

  • Voleibol sentado: amputados inferiores e amputados superiores, deficiência locomotora, paralisados cerebrais 

 

Para saber mais:

https://www.cpb.org.br

https://www.rio2016.com/paralimpiadas/ciclismo-de-pista

http://www.donasdabola.com.br/2012/09/01/saiba-mais-sobre-as-paralimpiadas/

Compartilhe

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon

Síndrome de Usher Brasil @ 2016 Todos os direitos reservados

Responsável: Ana Lúcia Perfoncio